Sociedade

Governo anuncia terceiro voo de repatriamento de portugueses no Brasil

Os passageiros – cidadãos portugueses ou estrangeiros residentes em Portugal afetados pela suspensão de voos e que manifestaram necessidade de regresso imediato ao país – serão contactados pela TAP. 

O Governo anunciou, esta quarta-feira, mais um voo de repatriamento da TAP para os portugueses retidos no Brasil. O novo voo, o terceiro desde a suspensão das ligações aéreas para aquele país, realiza-se dia 16 de março.

"Informa-se que será realizado no dia 16 de março um novo voo, operado pela TAP Air Portugal, entre S. Paulo (Aeroporto Internacional de Guarulhos) e Lisboa, autorizado pelo Governo português e pelas autoridades competentes em matéria de aviação civil", informou, em comunicado, a embaixada de Portugal em Brasília. 

O voo terá lugar em condições "inteiramente idênticas às do voo operado no passado dia 27 de fevereiro e daquele que terá lugar amanhã, dia 11 de março".

Os passageiros – cidadãos portugueses ou estrangeiros residentes em Portugal afetados pela suspensão de voos e que manifestaram necessidade de regresso imediato ao país – serão contactados pela TAP.

"Agradecemos que não sejam feitas tentativas de contacto direto com a TAP, que em nada ajudarão, pelo contrário, a uma maior celeridade do processo", lê-se no comunicado.

Os passageiros terão de apresentar um teste negativo ao SARS-CoV-2 realizado 72 horas antes do momento do embarque, com exceção das crianças com menos de dois anos. Já em território nacional terão de cumprir um período de isolamento profilático.