Vida

"É vergonhoso o que estão a fazer com o meu nome", diz Jardel sobre o alegado consumo de drogas num vídeo em direto

O ex-jogador recorreu ao Instagram para dizer que os seus advogados estão a "procurar a origem desse vídeo", cujas imagens, transmitidas num direto com a Liga Portuguesa de Futebol, levantam suspeitas do consumo de droga de Jardel.

DR  

Mário Jardel reagiu ao vídeo que esteve a circular nas redes sociais, onde parece que o ex-jogador está a consumir estupefacientes durante um direto com a Liga Portuguesa de Futebol.

Jardel diz estar indignado com a publicação do vídeo e considera que "é vergonhoso" o que estão a fazer com a reputação do seu nome, depois "do que deu ao futebol português".

Na sua publicação do Instagram, o antigo avançado do FC Porto e do Sporting indicou que o vídeo foi editado e assinalou que o problema com as drogas já acabou “há muito tempo” na sua vida. Jardel ainda acrescentou que, naquele direto, não estava sozinho, mas sim acompanhado pelo sobrinho de três anos, que chegou aparecer várias vezes ao seu colo.

"Só uma pessoa com pensamentos muito maus poderia imaginar que eu me poderia estar a drogar em frente ao meu sobrinho de três anos e que inclusive o coloquei ao colo várias vezes durante essa live", afirma, acrescentando: "É vergonhoso o que estão a fazer com o meu nome depois do que eu dei ao futebol português".

Mário Jardel explicou que precisou de sair do direto para “tentar calar as pessoas que estavam na sala”, porque estava com dificuldades em ouvir o direto.

Nesta publicação, o ex-jogador ainda diz que os advogados estão a "procurar a origem desse vídeo", que foi editado, e que irá "até às últimas consequências" para descobrir o autor e acusá-lo daquilo que fez.

"Por muito que algumas pessoas que me querem mal, o que escrevi no futebol português ninguém nunca apagará!!! Sou o melhor marcador de golos numa época no século XX", afirmou no final da publicação, na qual identificou a Liga.