Sociedade

Governo Regional da Madeira alvo de buscas

Presidente Miguel Albuquerque é o principal alvo.


O Governo Regional da Madeira foi alvo de buscas por parte do Ministério Público (MP) esta quarta-feira, avança o Expresso.

Segundo o semanário, as buscas, que foram confirmadas por Miguel Albuquerque, estão relacionadas com a venda da Quinta dos Arcos e a concessão da Zona Franca da Madeira ao Grupo Pestana.

O presidente do Governo Regional da Madeira confirmou as buscas nas instalações da vice-presidência do Governo Regional, mas disse não poder "adiantar mais nada" porque o caso está em segredo de justiça.

De acordo com o Expresso, Miguel Albuquerque é o principal alvo das investigações por ter vendido a Quinta do Arco, em 2017, a um fundo do universo do Grupo Pestana. Já depois de o negócio ser concretizado, foi renovada a concessão do Centro Internacional de Negócios ao Grupo Pestana, tendo o Estado passado a ser o sócio maioritário. 

Escreve o mesmo jornal, que os elementos do MP pediram todas as deliberações tomadas pelo Governo Regional sobre o assunto desde 1987, ano em que foi concessionado o Centro Internacional de Negócios e que foi constituída a Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, que gere a concessão e que tem como acionistas o Governo Regional e o Grupo Pestana.

Também a Sociedade de Desenvolvimento da Madeira confirmou ter sido alvo de diligências judiciais, na sua sede no Funchal, por parte do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), garantindo que “está totalmente à disposição das autoridades no sentido de contribuir para o esclarecimento da verdade dos factos, como demonstrou durante a diligência hoje realizada”, chamando a atenção para a sua “conduta transparente em todos os atos por si praticados”.