Vida

Sharon Stone revela que foi alvo de abusos sexuais por parte do avô, tal como a sua irmã

Atriz prepara-se para lançar uma autobiografia. 

Sharon Stone revelou, em entrevista ao New York Times sobre a sua aguardada autobiografia, que será lançada no próximo dia 30 de março nos Estados Unidos, que decidiu, conjuntamente com a irmã, expor os abusos sexuais que ambas sofreram por parte do avô quando eram crianças.

Ao abordar a obra, que terá o nome ‘The Beauty Of Living Twice’, a atriz, de 63 anos, revelou que após decidirem tornar públicos os abusos, através do livro, as irmãs decidiram consultar a mãe, Dorothy Stone, que inicialmente não aceitou bem a decisão.

“Tomámos juntas esta decisão”, afirmou a atriz. “Falámos com a minha mãe e, inicialmente, ela escreveu-me uma carta a dizer como todas aquelas informações eram desconcertantes. Ela estava horrorizada e não queria falar sobre aquilo”, confessou.

“Depois a minha irmã ficou furiosa com uma visita da minha mãe e foi com tudo para cima dela, aí ela finalmente compreendeu aquilo tudo”, contou Stone.

“Quando terminei o livro, li-o para a minha mãe ao longo de três dias. E eu estava engripada na altura. Estava na cama e ela deitou-se comigo enquanto eu terminava, então gravei uma hora dela a falar comigo. E aí reescrevi grande parte do livro. Foi quando decidi dedicar-lhe a obra”, contou.

Recentemente, Sharon Stone partilhou nas redes sociais o momento em que entrega uma cópia do referido livro à mãe.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Sharon Stone (@sharonstone)