Sociedade

Proteção Civil alerta para perigo de incêndio nos próximos dias

Segundo o IPMA, "para as próximas 72 horas, prevê-se um quadro meteorológico de tempo seco, com aumento gradual dos valores de temperatura máxima e vento de quadrante Leste".


A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou, esta sexta-feira, para o perigo de incêndio rural devido às condições meteorológicas previstas para os próximos dias.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), citado no comunicado da ANEPC, "para as próximas 72 horas, prevê-se um quadro meteorológico de tempo seco, com aumento gradual dos valores de temperatura máxima e vento de quadrante Leste".

Assim, poderá registar-se uma "subida da temperatura nos dias 27 e 28 março, com acentuada amplitude térmica, devendo manter-se até ao dia 1 abril", o que se traduz "num aumento dos índices de risco de incêndio até à próxima quarta-feira, dia 31 de março, com condições favoráveis à rápida propagação de incêndios".

Deste modo, a ANEPC lembra que a "realização de queimadas extensivas só é permitida após autorização da autarquia local", e que, nos locais onde o risco de incêndio é muito elevado ou superior, "a queima de matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração, está também sujeita a autorização da autarquia".

"A ANEPC recomenda a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente com a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando a legislação em vigor, e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio neste período, disponível junto dos sítios da internet da ANEPC e do IPMA, junto dos Gabinetes Técnicos Florestais das Câmaras Municipais e dos Corpos de Bombeiros", lê-se no comunicado.