Internacional

Após suspensões na Alemanha e Canadá, Reino Unido está "100% confiante na eficácia" da vacina da AstraZeneca

Governo britânico reitera segurança do fármaco.

Depois de a administração da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca voltar a ser suspensa na Alemanha para pessoas com menos de 60 anos e para pessoas com menos de 55 anos no Canadá, o governo britânico reiterou a segurança da vacina, garantindo que está “100% confiante” na sua eficácia.

“É uma vacina segura e a distribuição de vacinas no Reino Unido está a salvar vidas por todo o país diariamente”, disse Robert Jenrick, secretário da Habitação, citado pela Sky News. “Estudos recentes, por exemplo do instituto de saúde pública da Inglaterra, mostraram que milhares de vidas foram salvas desde o início deste ano graças ao nosso programa de vacinação. As pessoas deviam continuar em frente e receber vacina. Eu, seguramente, vou fazê-lo quando chegar a minha vez”, acrescentou.

Note-se que a vacina da AstraZeneca continua no centro das atenções, depois de ter sido suspensa em vários países devido a alguns casos de formação de coágulos em pessoas vacinadas, mas também após fortes críticas à farmacêutica devido ao atraso nas entregas.

A vacina tinha sido inicialmente recomendada apenas para pessoas abaixo dos 65 anos de idade, uma vez que faltavam os ensaios clínicos em pessoas mais velhas, contudo, os efeitos adversos mais graves registaram-se em pessoas mais novas, levando alguns países a suspender a administração da vacina em faixas etárias mais jovens.

Face às polémicas, esta terça-feira a AstraZeneca anunciou que a sua vacina contra a covid-19 mudou de nome para Vaxzevria.