Sociedade

Erro de jornalista motiva queixa da Embaixada de Angola em Portugal

Pivot referiu-se a João Loureiro, antigo presidente do Boavista, como o Presidente de Angola, João Lourenço.

Um erro da pivot da TVI24 Conceição Queiroz, na edição da manhã de domingo, levou a que a Embaixada de Angola em Portugal apresentasse uma queixa formal junto do canal, que emitiu depois uma retificação no noticiário da tarde.

A jornalista cometeu a gaffe quando apresentava uma peça sobre o facto de as autoridades brasileiras terem afastado qualquer suspeita de João Loureiro sobre o caso do avião descoberto com droga - uma notícia, aliás, avançada pelo Nascer do Sol.

Mas Conceição Queiroz, em vez de se referir a João Loureiro como antigo presidente do Boavista, identificou-o como Presidente de Angola, tendo insistido no erro pelo menos mais uma vez, voltando a falar em Presidente angolano. Sublinhe-se que no teleponto estaria escrito explicitamente ex-presidente do Boavista.

O caso gerou alguma perplexidade na estação, pois não há qualquer relação entre a peça jornalística em causa e Angola.