Economia

Portugueses viajaram menos 41% no ano passado

Em 2020, viagens realizadas pelos residentes ascenderam a 14,4 milhões. Viagens nacionais caíram 35,7% e para o estrangeiro derraparam 78,1%.


Num ano praticamente completo marcado pela pandemia, os portugueses viajaram menos, como provam os mais recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgados esta quarta-feira.

Assim, as viagens realizadas pelos residentes no ano passado ascenderam a 14,4 milhões, o que representa uma quebra de 41,1%. O gabinete de estatística revela ainda que as viagens nacionais caíram 35,7% e as viagens para o estrangeiro derraparam 78,1%.

O INE revela ainda que o alojamento particular gratuito “ganhou expressão como principal meio de alojamento utilizado”, com 69,2%. Já o número médio de noites por turista nas viagens efetuadas também registou um crescimento de 23,2%. Os hotéis e similares perderam representatividade (20,7% do total das dormidas, -6,3 p.p.), em resultado da diminuição do número de dormidas neste tipo de alojamento em 45,9% face a 2019.

Ainda no total do ano passado, considerando as viagens realizadas, o motivo “lazer, recreio ou férias” esteve associado a 54,1% do total (7,8 milhões de viagens), o que representa uma quebra de 35,6% e a “visita a familiares ou amigos” foi o motivo de 33,8% das viagens (4,9 milhões de viagens) menos 47,3%. Caíram ainda as viagens por motivos “profissionais ou de negócios” que representaram 7,1% do total (1,0 milhões de viagens), uma queda de 49,5%.

No que diz respeito a destinos, a região Centro continuou como a principal região de destino das viagens realizadas em território nacional, concentrando 32,4% do total, seguindo-se a região Norte (21,8% do total). O Algarve foi a região que mais preponderância ganhou face a 2019 (+3,0 p.p.), tendo sido o destino de 16,1% das viagens nacionais, superando a Área Metropolitana de Lisboa (15,9% das viagens).

Já no que diz respeito ao último trimestre do ano passado, o gabinete de estatística revela que os residentes em Portugal realizaram 2,3 milhões de viagens, o que correspondeu a um decréscimo de 57,4% face ao trimestre anterior. As viagens em território nacional concentraram 97,4% das deslocações (2,3 milhões), revelando um decréscimo de 53,2%. As viagens com destino ao estrangeiro diminuíram 90,3%, totalizando 61,6 mil, correspondendo a 2,6% no total.