Desporto

La Liga. Barcelona e Atlético na luta pela liderança

Em Espanha, Barcelona e Atlético de Madrid enfrentam-se em Camp Nou. Já em Inglaterra, Manchester City e Chelsea vão estar frente a frente, a semanas da final da Liga dos Campeões.


A liga espanhola, tal como a maioria das ligas europeias, aproxima-se do seu fim a largos passos, e, se numa dada altura parecia indiscutível que seria o Atlético de Madrid a vencer o título, a quatro jornadas do fim, os ‘colchoneros’ têm apenas dois pontos de vantagem sobre o Real Madrid e o Barcelona, que estão empatados a 74 pontos ocupando, respetivamente, o segundo e terceiro lugar da tabela classificativa.

No sábado, o Atlético de Madrid desloca-se até à Catalunha, onde tem a oportunidade de voltar a dilatar a vantagem frente ao Barcelona que, recorde-se, deixou fugir a oportunidade de se pôr na liderança da tabela há duas jornadas, quando acabou derrotado frente ao Granada, em Barcelona, por 1-2. Seguiu-se uma vitória pela margem mínima frente ao Valência, na última jornada, e agora os blaugrana enfrentam um Atlético de Madrid que não tem outra hipótese senão vencer. Ao mesmo tempo, no entanto, os catalães estarão também fervorosos por conquistar esta vitória, que significaria a subida para o primeiro lugar, pelo menos temporariamente, enquanto o Real Madrid não joga com o Sevilha de Julen Lopetegui, no domingo.

Amanhã, joga-se o campeonato em Camp Nou, e o emblema de João Félix terá depois ainda de enfrentar a Real Sociedad, que ocupa o quinto lugar na tabela classificativa, muito perto do Sevilha, o que poderá também ser um jogo perigoso.

Do lado do Barcelona, Ansu Fati e Philippe Coutinho estarão fora, provavelmente até ao fim da temporada, ao passo que Renan Lodi está também em dúvida para o jogo decisivo, após uma lesão que o deixou fora da última jornada, frente ao Elche.

 

Final antecipada

Em Inglaterra, joga-se, pela segunda vez em menos de 3 semanas, o duelo entre o Manchester City de Pep Guardiola e o Chelsea de Thomas Tuchel, que se vai ainda repetir na final da Liga dos Campeões, a 29 de maio.

O Manchester City, de Rúben Dias, Bernardo Silva e João Cancelo, vai receber o Chelsea, num jogo entre dois dos maiores protagonistas da Premier League, a poucas jornadas do fim da temporada e da muito provável conquista do título do City, que conta 80 pontos arrecadados na temporada, mais 13 do que os rivais do Manchester United, no segundo lugar, e mais 19 do que o Chelsea, que ocupa o quarto lugar. Em abril, aquando do último encontro entre estas duas equipas, foi o Chelsea que venceu, numa partida relativa às meias-finais da Taça Inglesa, o que valeu aos blues o lugar na final, e aos citizens o fim do seu percurso nesta competição. No sábado, ambas as equipas lutam por mais três pontos na liga inglesa, que seriam fulcrais para o Chelsea, que tem ainda na mira o terceiro lugar, ocupado atualmente pelo Leicester City, com apenas 2 pontos de vantagem, com quem, aliás, os blues têm um confronto marcado para 18 de maio.