Vinagrete

O 25 de Abril


Talvez me vá repetir um pouco, relativamente ao que disse aqui na altura. Mas a verdade é que algumas reacções me levam a isso. Já se sabe que o discurso sobre o 25 de Abril, na Assembleia da República, do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa foi óptimo, como se viu pela quase unanimidade das reacções de comentadores (depois começou a haver algumas, menos, noutro sentido, mas isso é próprio da ânsia actual e pouco original de originalidade). Como disse na altura, sendo Marcelo filho de um Homem do anterior Regime (ministro de Caetano e governador colonial) e de uma Mulher com fama de oposicionista, e tando como inspirador católico um franciscano como o Pe. Milícias, é mais normal esperar esse discurso dele – de qualquer modo atribuído à sua proverbial inteligência. Não há dúvida que a História deve ser encarada sem complexos, nas várias vertentes.

Outro discurso que me pareceu bom na altura foi o de Ferro Rodrigues.

Os restantes andaram por uma maior mediocridade, e nem sei se focaram bem o que se celebrava no Parlamento nesse dia solene.

O problema são as pessoas que contrariando o discurso de Marcelo, só gostam dos que lhe são politicamente próximos, de direita ou de esquerda.