Economia

Altice reforça aposta em inovação

Altice esteve em Olhão, Albufeira, Lagos, Portimão e Arruda dos Vinhos onde assinou protocolos de reforço de cobertura da fibra ótica.


São cinco os municípios – Olhão, Albufeira, Lagos, Portimão e Arruda dos Vinhos – onde a Altice Portugal deu continuidade à sua estratégia de investimento em redes de telecomunicações, inovação e responsabilidade social. Este foi um regresso ao território da Comissão Executiva, liderada pelo presidente, Alexandre Fonseca, um mês depois de visitar o centro do país.

Destaque para a inauguração do polo de Olhão da Altice Labs, empresa do grupo que se dedica à inovação made in Portugal. Centro de investigação e desenvolvimento, com provas dadas em soluções inovadoras que são uma referência no mercado global, a descentralização dos laboratórios da Altice Labs é uma aposta clara nas potencialidades do território. O município de Olhão acolheu, desde a primeira hora, este polo que tem vindo a desenvolver e colaborar em projetos de Inovação Aberta que possam acrescentar valor à região.

Apesar de a inauguração oficial ter acontecido apenas na passada quarta-feira, são já vários os projetos em produção, alguns em parceria com a Universidade do Algarve. A saber, algoritmos de inteligência artificial de estudo da retina, desenvolvimento de software para soluções na área da saúde e indicadores de telemática rodoviária baseados na rede GPON (Gigabit Passive Optical Network), uma tecnologia que utiliza fibra ótica para construir redes multiponto.

Destaque ainda para o projeto Retina que tem como objetivo a criação de uma infraestrutura (aquário instrumentado) e de um sistema que permita caracterizar peixes, originando bases de dados de imagens para que estas possam ser utilizadas para treino de algoritmos de Inteligência Artificial, permitindo depois a identificação automática da espécie e a estimativa das características dos peixes. Este sistema vem facilitar a análise das características dos peixes em aquacultura, que atualmente é realizada com recurso a mergulhadores num procedimento demorado e dispendioso.

Para o presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Pina, não há dúvidas: «[A abertura] deste polo da Altice Labs é mais uma componente que demonstra o que a Altice tem feito no país». O autarca acrescenta ainda que «a Altice tem feito muito pelo país, pelo país fora de Lisboa e do Porto, pelo país interior» e destaca que o protocolo assinado «evidencia o compromisso por parte da Altice em dotar o nosso concelho, em pelo menos, 80% dos lares servidos de fibra ótica e isto tem acontecido por todo o país». «O investimento do grupo vai para lá de qualquer exigência que podia ser feita por aquilo que são as entidades reguladoras. Estamos atentos àquilo que tem sido o vosso trabalho», diz ainda.

A Altice Labs também promove um ecossistema com uma forte ligação à Academia, o Polo de Olhão tem organizado, com a Universidade do Algarve, workshops sobre temas pertinentes do setor. Para este ano está previsto o 5G como tema em debate. De referir que a Altice Labs colabora com a Universidade do Algarve em muitos outros projetos, com destaque para o Algarve Tech Hub.

 

Reforço de fibra ótica

Ainda em Olhão a empresa assinou o primeiro dos protocolos de reforço de cobertura de fibra ótica estabelecidos com vários municípios. Em Olhão, Albufeira, Lagos e Arruda dos Vinhos, os concelhos onde o presidente e os administradores da empresa marcaram presença, foi reiterado o reforço da rede de fibra ótica, ao serviço dos seus residentes e visitantes no decorrer deste ano. Com estes novos investimentos, a cobertura desta tecnologia de última geração será superior a 80% em Olhão, em Albufeira de 85%, em Lagos de 95% e em Arruda dos Vinhos acima de 75%.

«É um protocolo de colaboração entre duas entidades, uma pública e uma privada», diz o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Martins Rolo, acrescentando que as mesmas estão «focadas no mesmo objetivo e na mesma missão: Servir melhor os nossos cidadãos, os nossos cidadãos residentes mas também aqueles que nos visitam».

Já Hugo Miguel Pereira, presidente da Câmara de Lagos, agradece à empresa, destacando a importância do investimento. «Este é mais do que um projeto Altice, é um projeto de cidade e para as cidades do país, em especial para o nosso concelho de Lagos».

Uma opinião partilhada por André Rijo, presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos. «Temos consciência queas telecomunicações tem hoje contornos decisivos e nevrálgicos para aquilo que é o desenvolvimento das comunidades locais, para aquilo que é a integração naquilo que é um desenvolvimento sustentável, sustentado, e que possa atrair mais investimento e melhor qualidade de vida para o nosso concelho».

Além de todos estes investimentos, Portimão passa agora a contar também com as cabines de leitura, uma micro biblioteca que é um espaço comunitário de livros para ‘Levar, doar, ler e devolver’, o mote da iniciativa.

«Esta proximidade ao território representa, de forma clara e inequívoca, o compromisso da empresa para com o país e os portugueses, através da melhoria da cobertura das redes de comunicações. Garantimos que as ligações em Portugal e para o mundo são feitas com uma rede capilar e robusta», defende Alexandre Fonseca, lembrando que são já perto de seis milhões os lares e empresas cobertos com a maior rede de fibra ótica do país.