Sociedade

Português que alegava sofrer de amnésia no Brasil detido no Aeroporto de Lisboa

Homem foi detido esta terça-feira.


O português detetado no Brasil e que alegava sofrer de amnésia foi detido, esta terça-feira, pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

Em comunicado, o SEF explica que o homem foi detido, quando chegava do Brasil. Sobre ele "pendiam dois mandados de detenção e condução, no âmbito de diversos processos de burla".

A detenção “ocorreu na sequência de comunicação da Procuradoria-Geral da República, relativamente a um cidadão repatriado de São Paulo, Brasil, para Portugal, sobre o qual, e após as diligências efetuadas, o SEF veio a apurar a existência das referidas pendências judiciais”.

O homem “terá sido detetado no Brasil pelos serviços diplomáticos portugueses, alegando sofrer de amnésia”, tendo “procedido ao seu repatriamento para Portugal”.

O detido será presente às autoridades judiciais para aplicação das medidas de coação na tarde desta terça-feira.

Recorde-se que o homem foi encontrado, no passado mês de abril, na Praça da Sé, no centro de São Paulo, no Brasil, sem qualquer identificação, e foi encaminhado para uma unidade hospitalar.

O português, identificado como Pedro Duarte, foi reconhecido por amigos a propósito de uma reportagem levada a cabo pela Record TV. Na altura, já tinha sido noticiado que o homem era procurado pelas autoridades portuguesas por suspeita de burlas.