Sociedade

Portuguesa que estava grávida morre atropelada em frente ao marido no Reino Unido

Mulher tinha quatro filhos e esperava o quinto.


Uma portuguesa, de 39 anos, que estava grávida, morreu após ser atropelada no centro da cidade de Northampton, no Reino Unido, no último sábado.

Dulce Lina Maria Mendes Pereira foi atropelada em frente ao marido e ao filho de um ano, enquanto empurrava um carrinho de bebé.

Numa publicação partilhada nas redes sociais, a polícia de Northampton adiantou que a mulher deixa, além do menino de um ano, outros três filhos de 21, 14 e oito anos.

Dulce ainda foi transportada para o Hospital Universitário de Coventry, mas as tentativas para salvá-la, juntamente com o bebé, não tiveram sucesso.

O suspeito, James Craigie, de 30 anos, foi detido mas acabou por ser libertado sob fiança, revela ainda a polícia. O homem está indiciado por homicídio por condução perigosa e será presente a tribunal no dia 14 de julho. 

As autoridades pedem que qualquer pessoa que tenha informações sobre o acidente ou que possa ter filmagens relevantes feitas antes, durante ou depois da colisão que entrem em contacto com a polícia.

Ao The Sun, o proprietário de um café confirmou que “ a mulher era portuguesa”. “Ela era uma mulher linda, muito simpática”, disse.