Sociedade

Apreendidos 17 mil litros de gasóleo a empresa que vendia ilegalmente combustível em Olhão

O combustível foi avaliado em cerca de 23 mil euros. 


A Unidade de Ação Fiscal (UAF) da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu mais de 17 mil litros de gasóleo por venda ilícita do combustível, avaliado em cerca de 23 mil euros, na passada sexta-feira, em Olhão.  

Durante a operação “Free Fuel”, a UAF, segundo um comunicado esta segunda-feira divulgado, investigou uma empresa que fazia alegadamente a venda ilícita de combustíveis, tendo descoberto que esta “efetuava o transporte de combustível em regime suspensivo, mantendo-o em depósito nas suas instalações” para depois vender diretamente o gasóleo a particulares, “sem possuir estatuto aduaneiro ou autorização para o efeito”.

De acordo com o comunicado da GNR, os militares cumpriram dois mandados de busca: “uma nas instalações da empresa e outra na frota de veículos”, levando assim à apreensão do combustível que seria vendido de forma irregular.

Os militares identificaram o responsável da empresa, tendo sido remetidos os factos para o Tribunal Judicial de Olhão.