Desporto

Até ao último minuto, Ucrânia vence Suécia e enfrenta Inglaterra nos quartos-de-final do Euro'2020

A seleção ucraniana é a última a apurar-se para a próxima fase da competição. 


A Ucrânia ganhou a Suécia por 2-1, esta terça-feira, no estádio de Hampden Park, em Glasglow, na Escócia, ao desempatar a partida já no período final do prolongamento. Os ucranianos são a última seleção a qualificar-se para o quartos-de-final do Euro'2020. 

Zinchenko, jogador da seleção ucraniana e do Manchester City, foi o inaugurador do marcador, aos 27', com um cruzamento de Yarmolenko, rematou a bola para o fundo das redes suecas. 

Com um remate a longa distância, Emil Forsberg, jogador do RB Leipzig, levou a sua equipa para o intervalo empatada contra os ucranianos. 

Já na segunda parte, a partida manteve-se intensa e renhida, uma vez que as duas seleções precisaram do prolongamento para desempatar o resultado. 

A Suécia acabou por ficar apenas com 10 jogadores nas quatro linhas, com a expulsão de Danielson, após uma entrada dura sobre Besedin. Primeiramente, o árbitro italiano Daniele Orsato levantou o cartão amarelo, mas depois de verificar as imagens do VAR, decidiu trocar o amarelo pelo vermelho aos 98'. 

Quando tudo parecia que o encontro iria ser determinado pelas grandes penalidades, Dovbyk cabeçeia a bola através de um cruzamento de Zinchenko, assegurando a vitória da Ucrânia a dois minutos do apito final do prolongamento. 

Portanto, já estão apuradas todas as equipas para os quartos-de-final do Euro'2020. No dia 2 de julho, a Suíça vai jogar contra Espanha, às 17h, em São Petersburgo e a Bélgica contra a Itália, às 20h, em Munique. No dia seguinte, 3 de julho, a Dinamarca defronta a República Checa, às 17h, em Baku, e a Ucrânia vai medir forças contra a Inglaterra, às 20h, em Roma.