Economia

Novos contratos do SIRESP com ok

Os contratos foram assinados com três fornecedores da rede SIRESP, nomeadamente com a Altice Portugal. 


O Tribunal de Contas (TdC) concedeu vistos aos contratos relativos ao modelo transitório de funcionamento do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP), confirmou fonte do TdC. Trata-se dos três novos contratos que entram em vigor na quinta-feira por um período de 18 meses.

Os contratos foram assinados com três fornecedores da rede SIRESP, nomeadamente com a Altice Portugal, que já tinha avançado que «há um entendimento das partes, devidamente celebrado para a continuidade da prestação de serviços inerentes ao normal funcionamento da rede». Aliás, foi a operadora liderada por Alexandre Fonseca que deu o alerta de que o contrato estava prestes a terminar e que ainda não tinha sido dado o aval para a sua renovação. Recorde-se que o Estado comprou por sete milhões de euros a parte dos operadores privados, Altice e Motorola, no SIRESP, ficando com 100%, numa transferência que aconteceu em dezembro de 2019.