Sociedade

Militar da GNR apanhado em vídeo sem máscara e a dar bofetada em jovem sujeito a processo disciplinar

Vídeo com agente a dizer que a covid-19 não existe e a agredir jovem em Gondomar foi posto a circular nas redes sociais.


A GNR anunciou, esta segunda-feira, que vai instaurar um processo disciplinar a um militar filmado a agredir um jovem com uma bofetada em Fânzeres, Gondomar, no distrito do Porto.

"A Guarda Nacional Republicana não se revê neste tipo de comportamento, razão pela qual será instaurado o respetivo processo de natureza disciplinar para apurar os factos e circunstâncias que conduziram a tais atos", afirmou o Comando-Geral da corporação, citado pela agência Lusa.

No vídeo, divulgado nas redes sociais, é também possível ouvir-se o agente, que está sem máscara, a dizer que a covid-19 já não existe.

Assim, o processo disciplinar é aberto "não só pelo tipo de abordagem ao cidadão, mas também pela falta do uso de equipamento de proteção individual, em desrespeito pelas normas internas em vigor em matéria relacionada com a covid-19", segundo explicou a GNR.

O episódio será relativo a “uma atuação de uma patrulha da GNR durante a madrugada do dia 4 de julho, do efetivo do posto de Fânzeres".