Internacional

Número de mortos nas cheias da Alemanha sobe para 103

Número de vítimas mortais na Bélgica também aumentou.


Já morreram 103 pessoas na Alemanha devido às fortes chuvadas que estão a assolar parte da Europa Central.

Segundo as autoridades alemãs, este balanço poderá vir a aumentar, sobretudo porque há um número indeterminado de vitimais mortais e vários desaparecidos após um grande deslizamento de terras, numa localidade perto de Colónia, e que derrubou vários edifícios.

O condado de Euskirchen, no estado da Renânia do Norte-Vestfáila e Ahrweiler, no estado da Renânia-Palatinado, são dos mais afetados.

Ontem, a chanceler alemã, Angela Merkel, mostrou-se chocada com os efeitos das cheias na Alemanha e expressou o seu pesar com as dificuldades que os habitantes estão a passar. “Estou chocada com esta catástrofe e com o que tantas pessoas estão a enfrentar”, disse. “A minha simpatia está com as famílias das vítimas mortais e dos desaparecidos. Aos muitos trabalhadores de emergência incansáveis, agradeço-vos do fundo do meu coração”, acrescentou.

Além da Alemanha, as chuvas intensas provocaram cheias e a subida dos caudais de rios em vários países da Europa ocidental e central, nomeadamante na Bélgica, Suiça e Países Baixos.

O mais recente balanço das autoridades locais, indicava que na Bélgica já morreram 15 pessoas, elevando para 118 o total de mortes na Europa face ao sucedido.