Sociedade

Número de voos cancelados por causa da grve da Groundforce sobe para 274

Só no aeroporto de Lisboa foram canceladas 107 chegadas e 135 partidas.


A greve da Groundforce já levou ao cancelamento de 274 voos nos aeroportos portugueses, a grande maioria, 242, no de Lisboa, segundo a ANA -Aeroportos de Portugal.

“Devido à greve nos serviços de 'handling' da Groundforce, foram cancelados, até ao momento, no aeroporto de Lisboa, 107 chegadas e 135 partidas", adiantou fonte oficial da gestora dos aeroportos.

Segundo a ANA, foram também canceladas nove chegadas e nove partidas no Aeroporto do Porto, três chegadas e três partidas no Aeroporto de Faro, duas chegadas e duas partidas no Aeroporto da Madeira e também duas chegadas e duas partidas no Aeroporto do Porto Santo.

A gestora fez questão de salientar que os voos que operam com outras empresas de handling que não a Groudforce "mantêm a sua operação".

A ANA solicita aos passageiros com voo marcado, para hoje e domingo, que se informem sobre o estado do mesmo, antes de se deslocarem para o aeroporto.

Este sábado é o primeiro dia da greve convocada pelo Sindicato dos Técnicos de Handling de Aeroportos (STHA), que protestam assim contra a "situação de instabilidade insustentável, no que concerne ao pagamento pontual dos salários e outras componentes pecuniárias", que os trabalhadores da Groundforce dizem enfrentar desde fevereiro de 2021.

A paralisação vai prolongar-se pelos dias 18 e 31 de julho, 01 e 02 de agosto, o que levou a ANA a alertar esta sexta-feira para possíveis constrangimentos nos aeroportos nacionais, cancelamentos e atrasos nos voos assistidos pela empresa de handling.