Internacional

Príncipe Harry vai escrever livro de memórias "intimista e sincero"

“Escrevo isto não enquanto príncipe que nasci mas enquanto homem em que me tornei”, afirma Harry, que já terá recebido cerca de 17 milhões de euros de adiantamento pela obra. Todos os lucros provenientes da venda do livro irão ser doados a instituições de solidariedade.


O príncipe Harry vai continuar a contar a sua história ao mundo. Depois de entrevistas e programas de televisão com Oprah Winfrey, o filho mais novo do príncipe Carlos vai revelar as memórias da sua vida num livro “intimista e sincero”.

O anúncio foi feito, na segunda-feira, pela editora Random House – que, segundo o Daily Mail, pagou 20 milhões de dólares [cerca de 17 milhões de euros] a Harry de adiantamento pelo livro – através de um comunicado nas redes sociais. A obra deverá chegar às livrarias até ao final de 2022.

“Escrevo isto não enquanto príncipe que nasci mas enquanto homem em que me tornei”, lê-se na nota, que cita Harry.

“Nos últimos anos, desempenhei muitas funções, literal e figurativamente, e a minha esperança é poder contar a minha história, os altos e baixos, as lições que aprendi — posso ajudar a mostrar que independentemente de onde vimos, temos mais em comum do que pensamos. Estou profundamente grato pela oportunidade de partilhar o que aprendi ao longo da minha vida até agora e entusiasmado que as pessoas possam ler um testemunho rigoroso e totalmente verdadeiro”, acrescenta.

Segundo a editora, Harry, “uma das figuras mais fascinantes e influentes do nosso tempo”, vai partilhar no livro “um relato definitivo das experiências, aventuras, perdas e lições de vida que ajudaram a moldá-lo”.

“Cobrindo a sua vida aos olhos do público desde a infância até aos dias de hoje, incluindo a sua dedicação ao serviço, ao serviço militar que, por duas vezes, o levou para a linha da frente no Afeganistão, e a alegria que ele encontrou em ser marido e pai, o príncipe Harry vai oferecer um retrato honesto e cativante, que irá mostrar aos leitores que por trás de tudo o que eles pensam que sabem está uma história humana inspiradora e corajosa”, lê-se no comunicado da editora.

Todos os lucros provenientes da venda do livro irão ser doados a instituições de solidariedade.