Desporto

Marítimo e Nacional vão poder encher metade das suas bancadas no arranque da temporada

De realçar que a autoridade regional não mencionou o certificação digital de vacinação no documento divulgado.


Os clubes madeirenses Marítimo e Nacional vão poder encher metade das suas bancadas com adeptos que apresentarem teste negativo à covid-19, anunciou a Direção Regional da Saúde (DRS).

"O acesso ao público está limitado até 50% da capacidade de cada estádio sendo que a entrada dos espetadores está sujeita à obrigatoriedade de apresentação de um teste rápido de antigénio realizado nas 48 horas que antecedem o início de cada evento desportivo", informou a DRS, em comunicado, divulgado esta quarta-feira.

A DRS assinalou que este procedimento é obrigatório em todos os eventos desportivos que aglomerem mais de 100 pessoas nos recintos desportivos.

De realçar que a autoridade regional não mencionou o certificação digital de vacinação no documento divulgado.

O Marítimo já confirmou a abertura das bancadas no jogo contra o Boavista, a contar para a primeira fase da Taça da liga.

"A Direção Regional de Saúde autorizou a presença de 50% da lotação do Estádio do Marítimo. Cerca de 4 500 pessoas poderão assistir ao jogo de domingo, dia 25 de julho, às 18:00, diante do Boavista", lê-se no comunicado publicado no site oficial dos “verdes rubros”.

Para facilitar a acessibilidade, o clube também irá montar nas imediações do seu estádio um posto de colheita para a realização de testes antigénio, no sábado das 12h às 17h e no domingo das 12h às 18h.

O Nacional também vai abrir as suas portas aos adeptos na partida diante o Estoril Praia, no domingo, às 18h, também a contar para a primeira fase da Taça da Liga. O estádio poderá receber 2.500 pessoas nas bancadas.