Cultura

Agir obrigado a apagar homenagem a António Variações por ordem dos herdeiros

"Nunca foi nossa intenção desrespeitar a memória e o legado de António Variações, mas sim enaltecê-lo e dá-lo a conhecer às gerações mais novas", revelou o artista. 


Agir teve de apagar uma homenagem a António Variações a pedido dos herdeiros. Num comunicado, partilhado esta quinta-feira nas suas redes sociais, o artista afirmou que nunca foi sua “intenção desrespeitar a memória e o legado” do cantor durante o 5.º episódio da série ‘Eulália’, onde vários músicos se juntam para homenagear artistas da cultura portuguesa.

"A pedido dos herdeiros da obra de António Variações, na representação da sua agência de publishing, Rossio Music Publishing, iremos apagar o episódio 5 da série 'Eulália'", escreveu.

"Nunca foi nossa intenção desrespeitar a memória e o legado de António Variações, mas sim enaltecê-lo e dá-lo a conhecer às gerações mais novas. É então, com profunda tristeza, que anunciamos a remoção de imediato do vídeo em questão. Em nome da banda e de toda a equipa, peço desculpa por qualquer transtorno e constrangimento causado", acrescentou.

Bernardo Costa, conhecido pelo nome ‘Agir’ e filho do cantor Paulo de Carvalho e da atriz Helena Isabel, afirmou que a série irá continuar e haverá um novo episódio no próximo domingo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by agir (@agirofficial)