Sociedade

Subida da temperatura leva a que mais de 80 concelhos do país estejam em risco máximo de incêndio

O aviso foi feito pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) que adiantou que Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Covilhã, Castelo Branco, Santarém e Faro são os distritos abrangidos por este alerta.


Mais de 80 concelhos do país, no interior norte e centro e no Algarve, mantêm-se hoje com risco máximo de incêndio, devido às temperaturas elevadas. O aviso foi feito pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) que adiantou que Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Covilhã, Castelo Branco, Santarém e Faro são os distritos abrangidos por este alerta.

Por outro lado, sob risco muito elevado estão mais de 50 concelhos dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Coimbra, Castelo Branco, Leiria, Santarém, Lisboa, Beja e Faro. À sua vez, em risco elevado de incêndio está praticamente todo o Alentejo e grande parte da costa litoral, abrangendo mais de 70 concelhos dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Santarém, Lisboa, Portalegre, Évora, Setúbal, Beja e Faro. Assim, o restante território apresenta um risco moderado e reduzido, consoante a região.

É de lembrar que o risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir dos fatores temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas. Tendo em conta que o período crítico de incêndios dura até final de setembro, até lá será proibido fazer queimadas extensivas ou queima de amontoados sem autorização, usar fogareiros ou grelhadores em todo o espaço rural, e fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais. É igualmente proibido lançar balões de mecha acesa ou foguetes ou fazer trabalhos na floresta que possam originar faíscas.

É de destacar que o IPMA colocou hoje sob aviso laranja (o segundo mais grave) por causa do tempo quente os distritos de Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja e Faro. Sob aviso amarelo estão os distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Santarém, Lisboa e Setúbal. As temperaturas máximas vão variar entre os 24º (Aveiro) e os 41º (Évora e Beja) e as mínimas entre os 13º (Porto) e os 24º (Faro).

Recorde-se que o IPMA havia anunciado que uma onda de calor vinda do Norte de África levaria a que os termómetros subissem, mais do que nos últimos dias, no sábado, no domingo e também no início da próxima semana. De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o Alentejo vai registar máximas acima dos 40ºC, até ao final deste domingo, com Évora a atingir mesmo 43ºC no sábado. Este valor aproxima-se do mais alto alguma vez registado em Portugal, ou seja, 47,4 °C na Amareleja, distrito de Beja, a 1 de agosto de 2003.