Sociedade

Comparticipação de testes rápidos vai continuar em setembro

Só em julho, o Estado comparticipou 143.954 testes rápidos realizados nas farmácias e nos laboratórios. 


O Estado vai renovar o regime excecional de comparticipação dos testes rápidos de antigénio (TRAg) de uso profissional para o mês de setembro.

"Os testes rápidos de antigénio vão continuar a ser comparticipados em setembro”, confirmou o gabinete do Ministério da Saúde à agência Lusa.

Esta medida arrancou no início do mês de julho e estava prevista terminar no final do mês, porém o regime foi renovado para o mês de agosto. Agora, o Governo decidiu renová-la pela segunda vez consecutiva.

Só em julho, o Estado comparticipou 143.954 TRAg realizados nas farmácias e nos laboratórios, o que resultou numa despesa de 1,4 milhões de euros, segundo as informações do Ministério da Saúde, citadas pelo jornal ECO. Ainda não foram revelados os dados relativos ao mês de agosto. 

A comparticipação dos testes rápidos foi implementada pelo Governo como forma de reforçar a testagem e de prevenir a propagação da pandemia de covid-19.