Economia

PIB. Portugal com segunda maior subida em cadeia no 2.º trimestre

Dados do Eurostat mostram Portugal nos lugares de topo da tabela ao nível do crescimento da economia mas também da taxa de emprego.


A economia portuguesa registou um crescimento de 4,9% no segundo trimestre deste ano, face ao trimestre anterior. Um valor que dá a Portugal o segundo maior aumento entre os países da União Europeia no segundo trimestre, mostram os dados divulgados esta terça-feira pelo Eurostat.

Segundo o gabinete de estatística europeu, face ao segundo trimestre do ano passado, entre abril e junho o Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro cresceu 14,3% e o da UE 13,8%, depois de ter recuado 1,2% em ambas as zonas no trimestre anterior.

Portugal ocupa assim o segundo lugar com o pódio a ser ocupado pela Irlanda, cujo aumento foi de 6,3%. Em terceiro lugar encontra-se a Letónia com um crescimento de 4,4%. Do lado oposto está Malta que registou uma contração de 0,5%. Já a Croácia viu uma queda do PIB de 0,2%.

A contribuir para o crescimento nos Estados-membros o destaque vai para a despesa de consumo final das famílias. Durante este segundo trimestre, registou um crescimento de 3,7% na Zona Euro e 3,5% na União Europeia. Também a despesa de consumo do Governo aumentou 1,2% nas duas zonas.

No que diz respeito ao emprego, o Eurostat estima que, com base em dados ajustados sazonalmente, 207,5 milhões de pessoas estavam empregadas na UE no segundo trimestre de 2021, das quais 159 milhões na zona do euro.

Também aqui Portugal está no topo da tabela, ocupando o quarto lugar com a taxa de pessoas empregadas a crescer 1,9% face ao trimestre anterior.