Sociedade

Prémios Sapo. Conhecidos os melhores do mundo digital

Prémios SAPO nasceram no ano de 2000 e terminaram a sua 20.ª edição com mais de 1000 troféus atribuídos e um total de mais de 204 mil euros angariados e doados a instituições de solidariedade social. Conheça os vencedores desta edição.


Já são conhecidos os vencedores da 20.ª edição dos Prémios SAPO, um evento de referência ao nível da publicidade e comunicação digital, que ganhou, ao longo destes anos, o reconhecimento e o respeito dos principais agentes criativos e do público em geral.

Face à atual conjuntura, a cerimónia de entrega dos prémios foi realizada de forma híbrida, contando apenas com a presença de alguns profissionais do universo publicitário nacional, e transmitida online no portal SAPO. O evento realizou se no restaurante-bar Praia no Parque, em Lisboa.

De um total de 131 trabalhos inscritos este ano, posteriormente reduzidos pelo primeiro júri – presidido por João Sáàgua, Reitor da Universidade Nova de Lisboa – a 51 campanhas nomeadas, foram 29 os galardões entregues na edição 2021 dos Prémios SAPO. Além dos habituais galardões nas categorias de Prémios Setoriais (Criatividade e Meios), Prémios de Estratégia, Prémios para Formatos Especiais, Prémios de Media Digital e Prémios do Júri, a edição deste ano contemplou mais dois prémios especiais – o Prémio Carreira e o Prémio Melhor Parceiro SAPO Voz – onde se destacaram o Prémio Carreira, entregue ao músico Tim (ver texto ao lado) e o Melhor Parceiro SAPO Voz, que distinguiu o Diário do Minho.

O Prémio Carreira é um galardão atribuído pela Altice Portugal, e pretende reconhecer uma figura nacional que se destaca pelo esforço, resiliência e excelência na sua área de atuação, neste caso a música.

Por sua vez, o Prémio Melhor Parceiro SAPO Voz pretende enaltecer um dos mais de 50 parceiros do projeto SAPO Voz, uma iniciativa criada no ano passado, com objetivo de apoiar os mais de 750 órgãos de comunicação social local e regional existentes no país.

“É com grande satisfação que celebramos a 20.ª edição dos Prémios SAPO. São 20 anos de história e inovação, em que se reconhece o talento e a criatividade do talento português ao nível da publicidade digital”, começou por dizer Alexandre Fonseca, presidente Executivo da Altice Portugal. E acrescentou: “Ano após ano, os Prémios SAPO têm vindo a reinventar-se, continuando a garantir a mediatização dos prémios e o reconhecimento público em geral, bem como aumentar a notoriedade e goodwill da marca junto do público-alvo. Ao dar continuidade a estes prémios, a Altice Portugal, através da sua marca SAPO, pretende mostrar, de forma clara, que o portal líder de audiências em Portugal e a sales house mais significativa do mercado português continua a ser um difusor de talento nacional e do que mais inovador se faz no mercado”.

Sobre os candidatos, Alexandre Fonseca destacou que as mais de 130 candidaturas “mostram que mesmo apesar da pandemia, apesar destes períodos de confinamento, continuámos com uma indústria criativa, com anunciantes e com agências que têm um talento enorme e que têm vindo a construir um mercado digital muito forte em Portugal, um mercado que é de facto competitivo, mas que mostra produtos de extraordinária qualidade, como aqueles que acabámos de ver”.

E não tem dúvidas que “os vencedores mostram que temos muita qualidade em termos de criatividade, mas também muito talento para executar depois em formatos digitais essa criatividade”.

O presidente da Altice Portugal também lembra que a empresa “tem sido um dos grandes anunciantes”. E reforça: “Assumimos o nosso papel não só na criação de valor para as marcas, mas neste período de pandemia foi muito importante, também num gesto quase de responsabilidade social, de apoiar os órgãos de comunicação social, mantendo acesa a chama da comunicação dos anunciantes, de investimento em publicidade, que é tão importante para o mercado dos media em Portugal”.

Ainda em relação aos Prémios SAPO, Salvador Mendes de Almeida, presidente da Associação Salvador – que recebeu o donativo – fez questão de agradecer à Altice. “A Fundação tem feito um trabalho extraordinário em todas as áreas, mas sobretudo nesta área da deficiência tem-nos ajudado imenso”, começou por dizer. E acrescentou: “Como sabem, o nosso maior problema é de facto a exclusão social e por isso mesmo, com todas as ferramentas que a fundação dispõe, permite cada vez mais a nossa integração profissional”.

Foram cerca de 30 os profissionais do mundo da publicidade, do marketing e da comunicação que integraram os três grupos distintos de jurados responsáveis pela eleição dos vencedores desta edição: o Primeiro Júri, responsável por selecionar a lista de campanhas inscritas nas várias categorias; o Segundo Júri, encarregado de atribuir os prémios; e, por fim, o Júri de Media Digital, a quem fica a cargo a escolha dos vencedores na categoria de Prémios de Media Digital.

Materializando aquela que tem sido desde sempre a tradição destes prémios, o SAPO doou o valor total angariado com as inscrições a uma instituição escolhida pela Fundação Altice. Este ano a eleita é a Associação Salvador – uma instituição que tem como missão promover a inclusão das pessoas com deficiência motora na sociedade e melhorar a sua qualidade de vida –, à qual será entregue um donativo de 6950 euros.

Os Prémios SAPO nasceram no ano de 2000 e terminaram a sua 20.ª edição com mais de 1000 troféus atribuídos e um total de mais de 204 mil euros angariados e doados a instituições de solidariedade social.