Cultura

Portugal é o país convidado do festival literário e artístico Cosmopoética de Córdoba

Na 18º edição da Cosmopoética vão estar presentes as “vozes clássicas” da poesia portuguesa, como Fernando Pessoa e Al Berto, que serão “amplamente representadas e lidas”.

 

DR  


A 18.ª edição do festival literário e artístico Cosmopoética, realizado em Córdoba, na Andaluzia, de 12 a 20 de novembro, terá este ano Portugal como país convidado com o objetivo de “pôr em valor a senda da cultura lenta”.

Durante a apresentação do festival, realizada esta sexta-feira, António Agredano, diretor literário da Cosmopoética, sublinhou que se pretende "tirar partido desta homenagem a Portugal para pôr em valor a senda da cultura lenta", explicando ainda que com esta proposta, "tanto escritores como leitores, no rescaldo da pandemia, têm a opção de se reiniciarem, de repensar a literatura, longe das correrias e da busca frenética do júbilo".

Nesta edição vão estar presentes as “vozes clássicas” da poesia portuguesa, como Fernando Pessoa e Al Berto (pseudónimo de Alberto Raposo Pidwell Tavares), que serão “amplamente representadas e lidas”. Contudo, segundo os organizadores, também haverá interesse “em conhecer as diferentes tendências da poesia portuguesa através de autores de diferentes gerações”.

O poeta, escritor e ensaísta Nuno Júdice, que já publicou mais de setenta obras de poesia, ficção e ensaios desde 1972, vai deslocar-se a Córdoba. O escritor será acompanhado por Ana Luísa Amaral, “uma das figuras mais importantes da literatura portuguesa das últimas três décadas”, vencedora do Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana 2020.

Gonçalo M. Tavares e Maria João Cantinho irão também apresentar o seu trabalho, juntamente com as propostas dos jovens autores portugueses de "grande renome internacional", como Sara F. Costa e Andreia C. Faria.

O festival vai ainda contar com a presença de “alguns dos nomes mais importantes” da poesia contemporânea espanhola, como Miren Agur Meabe, o primeiro autor a ganhar o Prémio Nacional de Poesia com uma obra em língua basca, e Diego Doncel, recentemente galardoado com o Prémio Loewe.

Cosmopoética é um festival literário e artístico realizado anualmente em Córdoba desde 2004, sendo organizado pela Câmara Municipal de Córdoba com o patrocínio da Província de Córdoba, da Comunidade Autónoma da Andaluzia e do Ministério da Cultura espanhol.