Cultura

Facebook prepara-se para mudar de nome

De acordo com o site The Verge, o Facebook está prestes a mudar de nome para outro, que "reflita melhor o seu compromisso com o metaverso e com a realidade aumentada".

 


A atual rede social Facebook está a ponderar alterar o nome da empresa para refletir a ambição da gigante tecnológica de ser reconhecida além das suas redes sociais e de todos os males a que esse ramo de negócio está associado.

Segundo o site The Verge, que cita fontes anónimas e próximas da gigante tecnológica, o Facebook pretende concretizar esta mudança já na próxima semana.

O Facebook pretende fazer o grande anúncio no próximo dia 28 de outubro, em que se realiza a conferência ‘Facebook Connect’. Contudo, adianta o site, isso pode acontecer ainda antes, sendo uma arma estratégica, uma vez que a empresa quer usar a mudança de nome para alterar a perceção do público.

Oficialmente, a mudança de nome surge porque o Facebook já não é apenas uma empresa de redes sociais. O novo ‘“metaverso” (mundo online onde os utilizadores podem comunicar, jogar e trabalhar em ambiente virtual), que vai eliminar as barreiras entre o mundo real e o virtual, é a sua nova aposta e a intenção é que o seu nome a reflita.

Para além disso, segundo o The Verge, o Facebook lançou ou está prestes a lançar vários dispositivos de realidade aumentada, nos quais essa mudança será apoiada. Os óculos inteligentes Ray-Ban foram apenas o começo e a empresa já está a trabalhar num novo modelo, capaz de exibir informações do mundo ao nosso redor.

Este "rebranding" vai dar uma nova imagem à empresa e provavelmente irá posicionar a rede social Facebook como um dos muitos produtos sob o domínio de uma empresa-mãe, que supervisiona outras marcas como a Instagram e a WhatsApp. Algo semelhante ao que a Google realizou, em 2015, quando criou a Alphabet Inc. que funciona como a empresa-mãe da Google, da Waymo e da Nest.

Até ao momento, nenhuma fonte oficial do Facebook confirmou ou desmentiu estes rumores.