Vida

Alec Baldwin disparou arma que matou diretora de fotografia durante gravações de filme

Incidente fez ainda um ferido.


Alec Baldwin matou acidentalmente uma diretora de fotografia durante as gravações do filme ‘Rust’, esta quinta-feira. Tudo aconteceu quando o ator norte-americano, de 63 anos, disparou uma arma de adereço, que não era suposto estar carregada.

De acordo com as autoridades, os disparos acabaram por ferir também o realizador do filme, Joel Souza, de 48 anos, que esteve no centro médico Christus St. Vincent, nos arredores de Santa Fé, estado norte-americano do Novo México. O cineasta já recebeu alta hospitalar. A vítima mortal, identificada como Halyna Hutchins, tinha 42 anos.

O incidente, que está a ser investigado pela polícia, ocorreu no rancho de Bonanza Creek, local onde estavam a ser filmadas várias cenas do filme. Segundo os investigadores, na origem do sucedido parece estar a utilização de uma arma de fogo, como adereço, que foi disparada durante uma cena.

"O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set de 'Rust' foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin", detalha um comunicado do gabinete do xerife do condado de Santa Fé.

"Os investigadores estão a investigar que tipo de bala foi disparada e como", acrescenta.

A produção de ‘Rust’ foi suspensa.

O ‘western’, do qual Baldwin era produtor e protagonista, contava ainda com Jensen Ackles e Travis Fimmel no elenco.

Notícia atualizada pelas 11h05