Sociedade

Guarda da GNR em formação entre os detidos em megaoperação da PJ por suspeitas de tráfico de ouro e diamantes

PJ investiga tráfico de ouro, diamantes e droga, transportados para a Europa com recurso a aviões militares.


Um guarda da GNR em formação é um dos detidos na megaoperação da Polícia Judiciária (PJ) relacionada com tráfico de ouro, diamantes e droga, que envolve membros da elite do Exército, e que levou esta segunda-feira a mais de 100 buscas em todo o país.

Em comunicado, a GNR refere que o detido, Guarda-Provisório, estava em formação desde junho de 2021 no 44.º Curso de Formação de Guardas em Portalegre. O homem ingressou no curso proveniente das Forças Armadas.

Sublinhe-se que foram ainda detidas pelo menos mais nove pessoas nesta operação, denominada Miríade.

É de realçar que estarão envolvidos comandos e ex-comandos que passaram por missões portuguesas da ONU na República Centro Africana, sendo alguns deles agentes da PSP e militares da GNR. O esquema servia para o tráfico de ouro, diamantes e droga, transportados para a Europa com recurso a aviões militares, cuja carga não era fiscalizada.

Os comentários estão desactivados.