Sociedade

Portugal suspende voos de e para Moçambique e outros seis países africanos

Medida entra em vigor na próxima segunda-feira. Em causa está a nova variante da covid-19, recentemente batizada de Omicron.


O Ministério da Administração Interna anunciou, esta sexta-feira, a suspensão de todos os voos de e para Moçambique e outros seis países africanos já a partir das 00h da próxima segunda-feira. Além de Moçambique, são visados a África do Sul, Botsuana, Essuatínia, Lesoto, Namíbia e Zimbabué.

Já a partir das 00h deste sábado, 27 de novembro, todos os passageiros oriundos de voos destes países “ficam obrigados a cumprir uma quarentena de 14 dias após a entrada em Portugal continental, no domicílio ou em local indicado pelas autoridades de saúde”.

Em comunicado, o ministério tutelado por Eduardo Cabrita sublinha que a medida se aplica também "aos cidadãos que entrem em território nacional que tenham saído de algum daqueles sete países nos 14 dias anteriores à sua chegada a Portugal".

A decisão surge após os 27 Estados-membros da União Europeia se terem reunido hoje e decidido aplicar restrições a todos os voos oriundos destes países da África Austral, devido à descoberta da nova variante da covid-19 – a recentemente batizada Omicron.

Os comentários estão desactivados.