Vinagrete

PR e Eutanásia


Se é permitido um veto político de legislação ao PR, deve ser para usá-lo, e não surpreender ninguém, com exclusão dos não-democratas.

Parece-me uma violência obrigar-se um PR católico a promulgar a eutanásia, quando o eleitorado o elegeu, sabendo bem quem estava a eleger. O que significará que o povo português é maioritariamente contra essa figura jurídica. Mas obrigando-o, ao PR, que se faça segundo as regras, e se aceitem entretanto naturalmente os vetos possíveis.

Que até houve juristas a elogiar.