Economia

Costa assinala aumento do salário mínimo Nacional: "Maior subida de sempre"

Salário mínimo conta com um salto de 40 euros e passa dos 665 euros para os 705.


No segundo dia do ano, o primeiro-ministro assinalou a subida do salário mínimo nacional (SMN) para os 705 euros, através de uma mensagem publicada na sua conta oficial do Twitter.

“Cerca de 880 mil trabalhadores vão, a partir de hoje, beneficiar do aumento do Salário Mínimo Nacional para os 705 euros. Este aumento de 40 euros é a maior subida de sempre, cumprindo o compromisso de chegarmos a 2023 com 750 euros de SMN”, lê-se.

António Costa refere ainda que “nos últimos seis anos, o SMN aumentou cerca de 40%, continuando o emprego e a economia a crescer”.

E acrescenta: “o aumento do SMN é da mais elementar justiça social e impulsiona a melhoria geral dos salários”, indicou.

Recorde-se que o salário mínimo nacional sobe de 665 para 705 euros. Trata-se de um aumento de 40 euros mensais e que vai ao encontro da promessa do Partido Socialista que acenava com um salário de 750 euros até ao final da legislatura, que acabou por cair a meio. A medida vai abranger 880 mil trabalhadores.

No caso dos funcionários públicos, tal como o Governo aprovou em Conselho de Ministros, o nível remuneratório mais baixo passa a equiparar-se ao salário mínimo nacional, subindo para os 705 euros, enquanto os restantes trabalhadores da Administração Pública terão os seus salários aumentados em 0,9%.