Desporto

Benfica leva golo do Moreirense ao Conselho de Arbitragem

Os ‘encarnados’ acusam o alegado fora-de-jogo por assinalar no golo do Moreirense, no jogo relativo à 18.ª jornada do campeonato, que acabou em empate.


O Benfica admitiu avançar com uma queixa ao Conselho de Arbitragem, depois de ter criticado, publicamente, a prestação da equipa de arbitragem que apitou o jogo frente ao Moreirense, no sábado. No centro das críticas ‘encarnadas’ está o VAR, e um alegado fora-de-jogo que ficou por assinalar na jogada que garantiu o empate ao emblema de Moreira de Cónegos.

"Pela segunda vez esta época, o mesmo VAR, Bruno Esteves, validou um golo precedido de ilegalidade, ficando a dever à verdade desportiva do Campeonato 4 pontos que o Sport Lisboa e Benfica deveria ter a mais nesta altura”, pode-se ler na newsletter oficial do Benfica.

"O Sport Lisboa e Benfica vai, por isso, questionar o Conselho de Arbitragem sobre que medidas serão tomadas para que situações como esta não se repitam. E exigirá uma resposta clara sobre a matéria. Nesse sentido, o Sport Lisboa e Benfica renova a sua exigência de verdade e equidade em todos os jogos do Campeonato, lembrando igualmente que também no jogo do Dragão para o Campeonato foi prejudicado por omissão do VAR no golo de Fábio Vieira", conclui a mesma newsletter.

Na receção ao Moreirense, as ‘águias’ acabaram por empatar a uma bola, perdendo dois pontos e ficando a 6 do atual líder, o FC Porto.

Os comentários estão desactivados.