Cultura

Partilha da morada JK Rowling "não é crime"

“Nenhuma ação será tomada contra os ativistas transgéneros que atacaram a autora JK Rowling”, afirmou a polícia.

 

 


A autora da famosa saga, Harry Potter, fez queixa à polícia depois de alguns ativistas publicarem uma fotografia da sua casa em Edimburgo no Twitter.

Rowling, que tem sido criticada pelas suas opiniões sobre as questões transgénero, descreveu o acontecimento como "doxxing" - o ato malicioso de publicar informações pessoais. Contudo, a polícia da Escócia confirmou que “nenhuma criminalidade foi estabelecida”.

A escritora escreveu no Twitter que a imagem em questão mostrava os ativistas em frente da sua casa, "posicionando-se cuidadosamente para garantir que o endereço fosse visível”. Esta acredita que os ativistas tentaram "intimidá-la" para que ela "defendesse os direitos das mulheres com base no sexo".

Os ativistas apagaram a foto no dia seguinte à sua publicação.

 

Os comentários estão desactivados.