Sociedade

Páscoa com os termómetros nos 30ºC

Na Páscoa e nos dias que antecedem esta data, podemos esperar temperaturas que nos farão recordar o verão. Principalmente, em cidades como Porto, Coimbra, Lisboa, Viseu, Santarém ou Évora.


Na Seixa-Feira Santa, no Sábado Santo e no Domingo de Páscoa os termómetros poderão chegar aos 30ºC em várias cidades do país, tais como Porto, Coimbra, Lisboa, Viseu, Santarém ou Évora.

De acordo com informação disponibilizada online pelo European Centre for Medium-Range Weather Forecasts, entre os dias 15 e 17 de abril podemos esperar uma temperatura quente que nos fará recordar o verão, sendo que os valores poderão atingir ou ultrapassar os 25 ºC.

No entanto, o cenário será diferente nos dias anteriores. Na Quinta-Feira Santa, não se prevê queda de precipitação para este dia e, se tal se verificar, ocorrerá suavemente no litoral norte. No entanto, é provável que o céu esteja nublado ou parcialmente nublado, com boas abertas. Neste dia, poderá existir uma subida acentuada das temperaturas máximas, com valores situados entre os 18 ºC os 26 ºC.

 

O início da estabilidade

Na Quarta-Feira Santa, começará a estabilidade que dará lugar às temperaturas elevadas, todavia, existe a possibilidade de se fazerem sentir chuviscos irregulares no país. Sabe-se que os períodos de sol ou de céu pouco nublado prevalecerão supostamente e poderá dar-se um aumento generalizado das temperaturas, com valores diurnos entre os 17 ºC e os 21 ºC no Norte, entre os 15 ºC e os 22 ºC no Centro e entre os 20 ºC e os 22 ºC no Sul.

Por outro lado, o cenário será diferente nos dois dias anteriores. Isto porque uma frente, mais débil e menos ativa chegará a território nacional, provocando aguaceiros, humidade e nebulosidade. Deste modo, o dia 12 de abril será marcado pela instabilidade com períodos de chuva e aguaceiros em quase todo o país, enquanto a probabilidade de ocorrer trovoada em zonas do interior não é totalmente posta de lado. Relativamente às temperaturas, a máxima será de 16 ºC no Porto e de 18 ºC em Lisboa e em Faro.

No dia anterior, a frente fria derivada da Depressão Evelyn percorrerá o nosso país de oeste para leste, gerando chuva generalizada. Nesta próxima segunda-feira, terá menos intensidade a Sul e prevê-se que possa vir acompanhada de trovoada no interior do país. As temperaturas poderão baixar e, nas zonas montanhosas, até poderá nevar.

Nesta sexta-feira, a chuva afetou as regiões do Norte e Centro do continente, constituindo esta um efeito indireto da passagem da depressão Diego que vai afetar o norte de França. As temperaturas máximas chegaram aos 18 graus nas cidades de Évora, Beja e Faro.

Os comentários estão desactivados.