Internacional

Aliado de Putin encontrado morto em casa ao lado da mulher grávida e da filha de 13 anos

Ex-oficial do Kremlin, Vladislav Avayev foi também vice-presidente do terceiro maior banco da Rússia.

Aliado de Putin encontrado morto em casa ao lado da mulher grávida e da filha de 13 anos

O importante banqueiro russo Vladislav Avayev e a família foram encontrados mortos, num apartamento de luxo em Moscovo, na Rússia.

Ao lado do aliado de Vladimir Putin e ex-oficial do Kremlin, de 51 anos, estava a sua mulher grávida, 47 anos, e a filha adolescente, de 13 anos.

Os corpos foram descobertos pela filha mais velha de Vladislav Avaye que, segundo o Mirror, foi alertada pelo motorista da família que estranhou o facto de não saber nada do patrão e de ninguém abrir a porta de casa.

As autoridades russas já terão dado início a uma investigação, suspeita-se que poderá ter sido um cenário de homicídio seguido de suicídio, pois o apartamento estava fechado por dentro e Vladislav Avaye tinha na mão uma arma.

Vizinhos, de acordo com o mesmo jornal, referem que a família poderia estar a passar por problemas financeiros, decorrentes das sanções impostas por vários países na sequência da invasão russa da Ucrânia.

Avayev foi vice-presidente da Gazprombank, o terceiro maior banco da Rússia, e a sua saída nunca foi explicada.

Os comentários estão desactivados.