Internacional

Explosão de hotel em Cuba faz pelo menos 27 mortos

Hotel Saratoga, que estava fechado há dois anos devido a pandemia de covid-19, preparava-se para reabrir na terça-feira.


A explosão no Hotel Saratoga, em Havana, Cuba, na sexta-feira passada, provocou pelo menos 27 mortes, informou no sábado Julio Guerra, chefe dos serviços hospitalares do Ministério da Saúde cubano. 

"Há uma nova morte, [um corpo] retirado de cena, o que eleva o número de mortos para 27", disse Guerra, em conferência de imprensa. O balanço anterior contabilizava 26 mortos e dos 81 feridos, 37 continuram hospitalizados, disse ainda. 

O hotel, que estava fechado há dois anos devido a pandemia de covid-19, preparava-se para reabrir na terça-feira. A explosão terá ocorrido devido a uma fuga de gás. 

"Na altura do acidente, 51 empregados trabalhavam no edifício (...), 11 dos quais morreram, 13 estão desaparecidos, seis estão hospitalizados e os restantes conseguiram sair a tempo", disse o porta-voz do grupo turístico Gaviota, Roberto Enriquez Calzadilla, em conferência de imprensa.

Os comentários estão desactivados.