Internacional

UE aprova fim da venda de veículos movidos a gasolina e gasóleo a partir de 2035

A medida tem como objetivo reduzir para zero as emissões de dióxido de carbono (CO2) dos automóveis novos a partir de 2035.


O plano que trava a venda de novos veículos movidos a gasóleo ou a gasolina a partir de 2035 foi aprovado, esta terça-feira, pelos 27 Estados-membros da União Europeia (UE).

A medida tem como objetivo reduzir para zero as emissões de dióxido de carbono (CO2) dos automóveis novos a partir de 2035.

Contudo, a UE também concordou em ponderar pedidos apresentados por alguns países, nomeadamente Alemanha e Itália, sobre investimento em tecnologias alternativas, como combustíveis sintéticos ou híbridos "plug-in", se estas forem capazes de alcançar o objetivo de eliminar completamente as emissões de gases com efeito de estufa dos veículos.

A data de 2035, embora ainda não oficial, vai ao encontro com aquela que foi estabelecida pelo Parlamento Europeu e pela Comissão Europeia, com quem os países terão de negociar as regras finais.

Os comentários estão desactivados.