Politica

Chega propõe comissão de inquérito para verificar mortes não covid

O Chega apresentou este domingo um projeto de resolução que recomenda a criação de uma comissão eventual de inquérito parlamentar para esclarecer as causas do aumento da mortalidade não covid entre 2020 e 2021.


Aumento mortalidade

O Chega apresentou este domingo um projeto de resolução que recomenda a criação de uma comissão eventual de inquérito parlamentar para esclarecer as causas do aumento da mortalidade não covid entre 2020 e 2021.

De acordo com o projeto do Chega, “foram registados mais 14% de óbitos (15.526) do que seria esperado tendo em conta a média dos seis anos anteriores”, sendo que a Covid-19 apenas esteve associada a dois dos seis picos de mortalidade identificados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) relativamente a 2020.

Ausência de explicações

Sublinhando algumas notícias recentes que apontam para números da mortalidade por todas as causas no país acima do que seria expectável para esta altura do ano, o partido denunciou a ausência de explicações das autoridades e pediu a criação imediata de uma comissão para funcionar durante um prazo de 120 dias, com vista a clarificar as causas sobre os números da mortalidade não covid e apurar eventuais responsabilidades.

“Não é aceitável nem compreensível que as autoridades de saúde fiquem em silêncio perante um estranho e inusitado pico de mortalidade em Portugal — com um impacto transversal em todas ou quase todas as estruturas etárias”, critica o grupo parlamentar do Chega.

Os comentários estão desactivados.