Internacional

Partes de foguetão chinês vão reentrar na atmosfera terrestre no fim de semana

O Long March 5B, assim de chama, que conta com um peso entre 17 e 22 toneladas, viaja no espaço sem controlo a uma velocidade de 28 mil quilómetros por hora

Partes de foguetão chinês vão reentrar na atmosfera terrestre no fim de semana

Esteja atento ao céu durante este fim de semana, mais precisamente entre as 19h53 de sábado e as 11h53 de domingo, intervalo de tempo em que é previsto que restos de um foguetão chinês irão reentrar na atmosfera.

O Long March 5B, assim de chama, que conta com um peso entre 17 e 22 toneladas, viaja no espaço sem controlo a uma velocidade de 28 mil quilómetros por hora. Caso o aparelho não se desintegre totalmente na atmosfera, os peritos acreditam que os detritos irão cair no mar. 

A trajetória está a ser monotorizada, tendo em conta que a sua trajetória poderá interferir com o espaço aéreo, segundo diz um alerta  Agência Europeia para a Segurança da Aviação.

Numa informação dirigida aos Estados-membros, às companhias aéreas e às autoridades de aviação, a agência listava Portugal, Bulgária, França, Grécia, Itália, Malta e Espanha como os países cujo espaço aéreo poderia eventualmente ser afetado. 

O foguetão foi lançado no passado domingo da ilha de Hainan, com o objetivo de transportar um módulo da nova estação espacial chinesa e está a dar voltas à Terra.

Recorde-se que um segmento do foguetão chinês desintegrou-se, em maio do ano passado, ao reentrar na atmosfera terrestre, tendo caindo oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China.

 

Os comentários estão desactivados.