Sociedade

Sintac e ANA vão hoje negociar serviços mínimos para greve

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação Civil marcou uma greve para os dias entre19 e 21 deste mês.

Sintac e ANA vão hoje negociar serviços mínimos para greve

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (Sintac) vai reunir hoje com a ANA, gestora dos aeroportos, na Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT),  para discutir e negociar os serviços mínimos para a greve marcada entre 19 e 21 deste mês.

“A convocatória da DGERT tem em vista a negociação de acordo dos serviços mínimos a assegurar durante 19 e 21 de agosto”, indicou o Sintac em comunicado, “tendo em vista a negociação de acordo quanto aos serviços mínimos e quanto aos meios necessários para os assegurar durante as 00h00 do dia 19 de agosto e as 24h00 do dia 21 de agosto”.

“O Sintac aguarda que, além da definição dos serviços mínimos, desta reunião seja ainda passível sair um entendimento com a entidade empregadora - ANA/VINCI - que tenha em conta as propostas reivindicadas por este sindicato”, continua a estrutura sindical, apelando à “reposição de todas as contribuições - até então suspensas - para o Fundo de Pensões dos seus trabalhadores”.

No mesmo comunicado, o Sintac acusa a empresa de gestão aeroportuária de “tentar destruir os direitos obtidos ao longo de décadas pelos trabalhadores da ANA, através das suas propostas de novo AE [acordo de empresa] ou, em última análise, mantenha o AE de 2015”.

Um “aumento digno do salário dos seus trabalhadores, tendo em conta os seus resultados e a inflação” e “medidas urgentes no sentido de contratar os recursos humanos em falta e repor os mínimos necessários à salvaguarda da segurança aeroportuária e à segurança no trabalho” são duas das medidas que estão na lista de exigências do Sintac, que acusa “uma sobrecarga desumana nos recursos humanos existentes” da ANA.

O pré-aviso de greve anunciado a 1 de agosto pelo Sintac e pelo SQAC (Sindicato dos Quadros da Aviação Comercial) vai abranger “todos os trabalhadores de todos os aeroportos da ANA, concessionados pelo grupo Vinci Aeroportos”, entrando em vigor às 00h00 de 19 de agosto e prolongando-se até ao fim do dia 21 de agosto.

Os comentários estão desactivados.