Sociedade

Meia centena de pessoas evacuadas das suas casas em Ourém

Pelas 22h15, no local estavam 599 operacionais, apoiados por 180 veículos. 


Pelo menos 50 pessoas foram esta setxa-feira retiradas, por precaução, das suas casas em Ourém devido ao incêndio que ali deflagra desde as 14h40.

A informação foi avançada por Luís Albuquerque, presidente da câmara, à agência Lusa:

"Estamos a falar de um território muito disperso, com casas muito dispersas no meio da floresta, e por uma questão de precaução entendemos por bem ir evacuando algumas casas, prevendo que o fogo poderia chegar perto dessas casas. Isso efetivamente foi feito, mas povoações inteiras não".

De acordo com o autarca, pelas 20h40, o incêndio continuava com "duas frentes ativas" e "com grande intensidade".

"Os meios [de combate] estão finalmente a chegar ao teatro de operações e esperamos que, com a chegada desses meios, nós consigamos daqui a algum tempo uma situação bem melhor do que aquela que temos tido durante a tarde", referiu ainda.

Apesar das melhores condições atmosféricas que se verificavam no local, o presidente da Câmara lembrou que estas ainda "não são favoráveis" e que se perspetiva "uma noite de muito trabalho".

"As condições não são favoráveis, mas são mais favoráveis do que eram há uma ou duas horas, com a diminuição da temperatura, com o aumento da percentagem de humidade e também, neste momento, com a acalmia do vento", disse, acrescentando que "será uma noite de muito trabalho, esperando que os meios [de combate] que estão em trânsito (...) possam chegar o mais rápido possível para ver se conseguimos começar a dominar o incêndio".

Recorde-se que este incêndio obrigou ao corte da circulação ferroviária da Linha do Norte pelas 18h30, tendo ainda atingido um aviário. 

De acordo com a página da internet da Proteção Civil, consultada pelo Nascer do Sol pelas 22h15, no local estavam 599 operacionais, apoiados por 180 veículos. 

O alerta para o fogo foi dado às 14h40, na localidade de Carvalhal, na freguesia de Espite.

Os comentários estão desactivados.