Politica

PS fala em fanatismo na liderança do PSD

O secretário-geral adjunto do PS acusou a nova liderança do PSD, encabeçada por Luís Montenegro, de viver obcecada com o mercado.

PS fala em fanatismo na liderança do PSD

O secretário-geral adjunto do PS, João Torres, afirmou que a nova liderança do PSD tem “um profundo fanatismo pela desregulação do mercado” e acusou o maior partido da oposição de estar a perder a doutrina social.

E vai mais longe: A melhor melhor de ilustrar é o conjunto de propostas que o PSD apresentou ao país”, afirmou o dirigente socialista. 

João Torres falava na festa/comício do PS/Madeira, que decorre na freguesia da Madalena do Mar, concelho da Ponta do Sol, zona oeste da ilha, e que marca a reentrada política da estrutura regional do partido, liderada por Sérgio Gonçalves, após as férias de verão.

O secretário-geral adjunto do PS acusou a nova liderança do PSD, encabeçada por Luís Montenegro, de viver obcecada com o mercado.

"Tem, de facto, um profundo fanatismo pelo mercado, um profundo fanatismo pela desregulação do mercado, perdendo aquela que é a doutrina social que naturalmente convoca todos aqueles que são verdadeiramente socialistas ou social-democratas", declarou.

Os comentários estão desactivados.