Politica

CDS questiona medidas para seca

“Sabendo que um regresso a um clima mais normal poderá não ser suficiente para recuperar totalmente o défice água acumulado em mais de meio ano, pondera a CE apresentar medidas extraordinárias de ajuda aos países que se prevê serem mais afetados?”, questionou o eurodeputado centrista.

CDS questiona medidas para seca

Nuno Melo questionou a Comissão Europeia está a ponderar apresentar medidas extraordinárias para ajudar os países mais afetados pela seca.

“Sabendo que um regresso a um clima mais normal poderá não ser suficiente para recuperar totalmente o défice água acumulado em mais de meio ano, pondera a CE apresentar medidas extraordinárias de ajuda aos países que se prevê serem mais afetados?”, questionou o eurodeputado centrista.

Nuno Melo recorda o relatório publicado pelo Centro Comum de Investigação da UE,em que quase metade da UE permanece em condições de seca, com previsão de manutenção das condições de tempo seco até novembro. "A Península Ibérica será das zonas que mais sofrerá as condições de seca severa. Isto significará aumento da escassez de colheitas e fornecimento de energia numa altura em que a UE atravessa um período de significativo corte de abastecimento".

E lembra que, em relação a Portugal, "como admite o relatório agora publicado, cerca de 25% dos reservatórios de água estão em défice significativo e poderão não satisfazer as necessidades de irrigação", referindo que o impacto dos incêndios florestais tem sido particularmente grave em Portugal,como nota o referido relatório. 
 

Os comentários estão desactivados.