Sociedade

Prisão preventiva para homem que tentou matar ex-companheira no local de trabalho

Homem atacou duas mulheres. Vítima que ficou com ferimentos mais graves, esfaqueada na cabeça e no braço, era ex-companheira do agressor.

Prisão preventiva para homem que tentou matar ex-companheira no local de trabalho

PJ  


Um homem de 38 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) pela prática de vários crimes: homicídio qualificado na forma tentada, ofensa à integridade física e roubo, todos ocorridos na passada sexta-feira, em Atalaia do Campo, no concelho do Fundão, distrito da Guarda.

Segundo um comunicado divulgado hoje pela PJ, as vítimas foram duas mulheres, de 38 e 51 anos, sendo que a que ficou com ferimentos mais graves era ex-companheira do agressor. Esta mulher foi “repetidamente golpeada com uma faca, que a atingiu na zona da cabeça, ombro e braço esquerdo”, detalhou a autoridade.

“Durante o seu confronto físico violento com a sua ex-companheira, ocorrido no local de trabalho habitual desta, o agressor roubou-lhe o seu telemóvel pessoal, que, entretanto, veio a destruir”, acrescentou.

O detido, sem “qualquer ocupação conhecida”, foi sujeito a interrogatório judicial, no qual lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Os comentários estão desactivados.