Internacional

Primeira-ministra da Suécia demite-se após vitória da direita nas eleições

Demissão da social-democrata será apresentada oficialmente na quinta-feira.

Primeira-ministra da Suécia demite-se após vitória da direita nas eleições

Magdalena Andersson demitiu-se do cargo de primeira-ministra da Suécia após terem sido conhecidos os resultados das eleições legislativas, com a vitória da extrema-direita.  A decisão foi comunicada pela própria, em conferência de imprensa.

O bloco formado por três partidos de direita e o partido de extrema-direita Democratas da Suécia (SD) tem "uma pequena maioria, mas, no entanto, uma maioria", reconheceu Magdalena Andersson, em declarações aos jornalistas. "Vou pedir a demissão de primeira-ministra e das minhas responsabilidades", afirmou.

A demissão da social-democrata será apresentada oficialmente na quinta-feira.

Os comentários estão desactivados.