Internacional

Hungria vai bloquear sanções da UE à Rússia

O governante frisou que a guerra na Ucrânia e “o fracasso da política de sanções de Bruxelas [contra a Rússia] causaram uma crise energética” a longo prazo.

Hungria vai bloquear sanções da UE à Rússia

O Governo da Hungria frisou esta quinta-feira que vai bloquear a aprovação de sanções da União Europeia (EU) à Rússia que estejam ligadas com energia nuclear. 

“A ampliação da central nuclear de Paks corresponde aos nossos interesses estratégicos e de segurança nacional. Até agora, conseguimos evitar que Bruxelas imponha sanções ao nosso desenvolvimento nuclear e também o faremos no futuro”, disse Péter Szijjártó, ministro dos Negócios Estrangeiros húngaro, em comunicado.  

O governante frisou que a guerra na Ucrânia e “o fracasso da política de sanções de Bruxelas [contra a Rússia] causaram uma crise energética” a longo prazo, acrescentando que os países que, como a Hungria, não têm muitos recursos energéticos, podem usar a energia nuclear para minimizar as mudanças “insensatas” do mercado energético internacional. 

Recorde-se que a Hungria – um dos aliados mais próximos da Rússia - assinou, em 2014, um acordo com a empresa russa Rosatom para expandir a Paks, a sua única central nuclear, com um empréstimo russo de 12.500 milhões de euros. 

Os comentários estão desactivados.