Vida

Ex-jogador John Carew condenado a 14 meses de prisão efetiva

Foi condenado por fraude fiscal agravada.

Ex-jogador John Carew condenado a 14 meses de prisão efetiva

O antigo jogador de futebol John Carew foi condenado, esta quarta-feira, a 14 meses de prisão efetiva, por fraude fiscal agravada, pela justiça norueguesa.

O ex-internacional norueguês, que jogou na Liga inglesa, francesa e espanhola, não declarou ao fisco cerca de 12,8 milhões de coroas, equivalente a 1,2 milhões de euros, obtidos entre 2014 e 2019, assim como uma fortuna pessoal de 300 milhões (cerca de 29 milhões de euros), tendo em conta que é residente fiscal no país.

John Carew teve maior notoriedade fora do país, tendo conquistado a Liga espanhola pelo Valência, e duas Ligas francesas, ao serviço do Lyon.

Os comentários estão desactivados.