Cultura

Spencer Elden, o bebé de "Nevermind”, volta a declarar 'guerra' aos Nirvana

Segundo escreve a revista “Spin”, os advogados de Elden já deram entrada com um recurso, citando uma lei norte-americana, a “Masha's Law” - que determina que vítimas de pornografia infantil podem pedir uma indemnização aos seus violadores na idade adulta. 

Spencer Elden, o bebé de "Nevermind”, volta a declarar 'guerra' aos Nirvana

Spencer Elden, o rosto do bebé que está na capa do álbum “Nevermind” do Nirvana, vai recorrer do processo judicial.  

Segundo escreve a revista “Spin”, os advogados de Elden já deram entrada com um recurso, citando uma lei norte-americana, a “Masha's Law” - que determina que vítimas de pornografia infantil podem pedir uma indemnização aos seus violadores na idade adulta. 

Recorde-se que em agosto de 2021, Elden acusou a icónica banda de ‘grunge’ de, na capa do mítico álbum de 1991, terem distribuído “pornografia infantil”, tendo mesmo solicitado que todas as cópias de “Nevermind” com a sua fotografia fossem retiradas do mercado e exigindo à banda uma indemnização. 

O juiz norte-americano Fernando Olguin deitou por terra as pretensões de Spencer Elden, o homem que surge na capa do álbum Nevermind dos Nirvana, quando era apenas um bebé de quatro meses, e que alegou assédio sexual infantil, procurando processar a banda.

Olguin, no entanto, decidiu colocar um ponto final no processo, argumentando que foi instaurado após o prazo de prescrição de 10 anos (o álbum foi editado em 1991).

Os comentários estão desactivados.